sexta-feira, 6 de julho de 2012

2012-2013 : Equipas Participantes

sábado, 3 de março de 2012

Estoril evita derrota com Penafiel no último suspiro



Jogo realizado no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.
Árbitro: Marco Ferreira (Madeira).
Assistência: 1.043 espetadores.

Estoril-Praia: Vagner, Anderson (Pedro Moreira, 69), Steven Vitória, Lameirão, Tiago Gomes, Gonçalo Santos (Rodrigo Dantas, 76), Carlos Eduardo, João Coimbra, Licá, Gerso e Fabrício (Adilson, 57).

Penafiel: Riça, Dias, Paulo Oliveira, Allyson, Elízio (Vítor, 52), Rafa, Ferreira, Sérgio Oliveira (Valdemar, 85), Diogo Viana, Coronas (Pedrinha, 65) e Manoel.

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Paulo Oliveira (09), Gonçalo Santos (30), Anderson (38), Elízio (44), Carlos Eduardo (45), Diogo Viana (45+2), Sérgio Oliveira (58), Pedrinha (71), Licá (73), Ferreira (79), Vítor (88), Rafa (90+1), Adilson, 90+5.

O avançado brasileiro Adilson deu este sábado o empate ao Estoril-Praia (1-1), diante o Penafiel, aumentando para 15 os jogos consecutivos sem perder na Liga de Honra, num jogo marcado por uma penalidade duvidosa convertida por Manoel.
Com uma almofada de conforto de 11 pontos sobre o segundo classificado, Desportivo das Aves, o Estoril-Praia entrou mais confiante no jogo da 21.ª jornada.
Contudo, o Penafiel, que tinha infligido a última derrota aos comandados de Marco Silva (3-1, a 02 de outubro), fechou bem o caminho da sua baliza, colocando na maioria das vezes nove jogadores atrás da linha da bola.
Na segunda incursão na área do Estoril-Praia, o Penafiel conseguiu chegar ao golo, por Manoel, quando o árbitro Marco Ferreira descortinou uma duvidosa mão do brasileiro Anderson, aos 38 minutos, quando este fazia um carrinho.
A vencer, o Penafiel fechou-se ainda mais na sua zona defensiva, caindo em sucessões de faltas e queimas de tempo, que colocaram os comandados de Marco Silva com os nervos em franja.
O treinador dos "canarinhos" não regressou ao banco de suplentes no segundo tempo, tendo sido expulso mesmo em cima do intervalo.
A jogar com o coração, a equipa dos arredores de Lisboa caiu no engodo penafidelense e, apesar das deambulações de Licá, ora pela esquerda ora pela direita, na procura de espaços no terreno de jogo, estava a sentir grandes dificuldades para tentar minorar os danos.
Contudo, num lance confuso, com um grande amontoado de jogadores na área penafidelense, o atacante Adilson saltou mais alto que os adversários e, de cabeça, já em cima do apito final, igualou a partida deixando o Penafiel sem reação.
Com este resultado o Penafiel soma agora 29 pontos, enquanto o Estoril-Praia mantém a liderança da Liga de Honra, com 45.

Record

sábado, 16 de julho de 2011

Vitória é resultado da maturidade táctica

Santa Clara voltou a vencer no estágio, derrotando o Feirense por 2-0. Depois de uma primeira parte onde a nossa equipa foi mais pressionada pelo adversário, os golos surgiram no segundo tempo como corolário das oportunidades criadas.

O Santa Clara somou a segunda vitória no estágio de pré-temporada ao derrotar, em Quiaios, o Feirense por 2-0, adversário que prepara a presença no campeonato da Liga Zona Sagres. O triunfo foi construído na segunda parte mas sobram indicações deixadas pelo colectivo no decorrer dos primeiros 45 minutos.

Frente a um adversário teoricamente superior o Santa Clara revelou bons indicadores a nível defensivo onde sobressaiu o rigor no posicionamento táctico e o sentido de entre-ajuda. O Feirense entrou forte, teve mais bola, exerceu maior pressão mas sentiu dificuldades em encontrar o caminho para a baliza defendida por Stefanovic.

Somente numa ocasião, aos seis minutos, é que os fogaceiros estiveram perto do golo quando o trinco Sténio rematou para o nosso guarda-redes efectuar uma defesa de recurso com os pés. No restante, mais bola do lado do Feirense mas muita cultura táctica da nossa parte.

A partir do primeiro quarto-de-hora os pupilos de Bruno Moura começaram a soltar-se com maior objectividade para as transições atacantes e Platini, por duas vezes, esteve na cara do golo. Na primeira oportunidade rematou à figura do guarda-redes contrário e na segunda o esférico embateu nas malhas laterais.

Frente àquela que será, porventura, a equipa base do Feirense, o Santa Clara revelou que a defesa é o sector que melhor se entende nesta fase, principalmente porque é nele que figura maior número de atletas que transita da época anterior.

Do meio-campo para a frente os indicadores também são positivos mas a margem de progressão prevê-se mais lenta porque será necessário tempo para os reforços se entrosarem. Mesmo assim, há pormenores que não passam despercebidos e que serão, naturalmente, melhorados com o trabalho diário.

As substituições que foram introduzidas na equipa de forma gradual tiveram o condão de refrescar o colectivo que, aos poucos, foi ganhando supremacia territorial, chegando sem surpresa ao golo que nos colocou em vantagem. Djaniny, aos 65 minutos, arrancou pela direita e cruzou ao segundo poste onde apareceu Moreira a cabecear para o 1-0.

Nesta altura o opositor já tinha alterado toda a equipa inicial mas tal não retira mérito à forma como os nossos atletas se entenderam na construção de jogadas de ataque, conseguindo reforçar a vantagem no marcador aos 78 minutos na sequência de um livre bem cobrado por Minhoca que Moreira desviou ao primeiro poste e Djaniny, ao segundo, mergulhou de cabeça para o 2-0.

Nos últimos dez minutos o Santa Clara geriu o resultado com posse e circulação de bola, anulando as esporádicas tentativas de reacção do adversário. Mais importante que o resultado é verificar que a equipa dá sinais de crescimento com uma base defensiva sólida, faltando aprumar pormenores do meio-campo para a frente para que o colectivo funcione como um harmónio.

Com arbitragem de Telmo Carvalho, o Santa Clara alinhou com: Stefanovic; Guilherme, Sandro, Ilic e Nelson; André Simões, Pacheco e Lourenço; Pipo, Sylvestre e Platini. Jogaram ainda: Kojic, Bosingwa, Edgar, Deyvison, Fernando, Minhoca, Pato, Djaniny, Miguel e Moreira.

Fonte: site oficial do CLUBE DESPORTIVO SANTA CLARA

Santa clara apresenta novo equipamento com novo emblema

Já com o emblema da SAD, os novos equipamentos do Santa Clara são mais um sinal de inovação, criatividade e cumprimento de uma das várias metas estabelecidas.
O auditório da Junta de Freguesia de Santa Clara, em Ponta Delgada, foi o palco escolhido pela Administração da Santa Clara Açores, Futebol SAD, para apresentar aos sócios e simpatizantes os novos equipamentos de jogo e de treino para a temporada 2011/12.
Em muito semelhantes ao da época transacta, onde o vermelho é a cor predominante no equipamento principal e o azul e branco – em homenagem aos Açores – figuram no alternativo, a principal diferença está no emblema: agora é o logótipo da SAD que figura nas camisolas e nos calções.
Mais uma vez produzidos pela Lacatoni e com o patrocínio da Açoreana Seguros – o contrato foi renovado na mesma ocasião para a nova temporada – para além, claro está, do patrocínio do Governo dos Açores, a apresentação dos equipamentos assinala mais um momento ímpar na vida da colectividade e em particular da SAD que, passo a passo, vai cumprindo os objectivos propostos.
Os açorianos Minhoca e Hugo Viveiros e o defesa Fernando foram os jogadores que mostraram os novos equipamentos do Santa Clara Açores, Futebol SAD, desfilando para os presentes com as cores e o emblema e o emblema que os nossos atletas vão envergar no campeonato da Liga Orangina, na Bwin Cup e na Taça de Portugal.


in Blog Red Boys On Fire

Equipas Participantes na Liga Orangina 2011-2012

Com início no próximo dia 21 de Agosto de 2011, vão ser 16 as equipas que vão participar em mais um campeonato da Segunda Liga. A saber:

- Clube Futebol União da Madeira
- Clube Desportivo das Aves
- Portimonense Sporting Clube
- Clube Desportivo Santa Clara
- Clube Desportivo Trofense
- Clube de Futebol "Os Belenenses"
- Futebol Clube de Arouca
- Futebol Clube de Penafiel
- Associação Naval 1ºMaio
- Grupo Desportivo Estoril Praia
- Leixões Sport Clube
- Moreirense Futebol Clube
-Sport Clube Freamunde
- Sporting Clube da Covilhã
-União Desportiva Oliveirense
-Atlético Clube de Portugal

Estamos de volta

Depois de um longo tempo ausentes deste projecto, em que muitas vezes questionámos a viabilidade do mesmo, um conjunto de acontecimentos fez-nos acrediat que este é um projecto viável e que pode ter o seu espaço.

Assim damos agora início á nossa pré-época para 2011-2012, dando também início a captação de mais pessoal que esteja disposto a colaborar com o blog.

Apartir de agora, tudo sobre a Segunda Liga , é aqui !!!

sábado, 13 de novembro de 2010

Confrontos no Trofense-Estoril

A vitória do Trofense, por 2-1, frente ao Estoril, ficou marcada por diversos confrontos físicos no final do jogo. Foram vários os jogadores de ambas as equipas que se envolveram em cenas de pancadaria ainda no relvado, em cenas lamentáveis que se prolongaram até ao túnel de acesso aos balneários.
Os ânimos acabaram por aquecer ainda antes do jogo acabar, quando os jogadores do Estoril ficaram a pedir uma grande penalidade por mão na bola de Tiago. Um lance que, visto na repetição, mostra que não há qualquer ilegalidade.
Após o apito do árbitro, diversos jogadores do Estoril correram em direcção ao capitão do Trofense, Tiago, tentando tirar satisfacções. Das palavras aos actos bastaram poucos segundos e só após intervenção policial a equipa da casa conseguiu recolher aos balneários.
«É incrível que, em 2010, num campeonato chamado profissional, aconteçam coisas destas», lamentou Porfírio Amorim, treinador do Trofense na flash interview, enquanto Vinícius Eutrópio acusou João Dias e Varela de agredirem verbalmente os elementos do banco de suplentes do Estoril durante todo o jogo.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

CD Fátima perdeu com o Trofense

CD Fátima a defender - Blog Sou Trofense

Estádio Municipal de Fátima
CD Fátima 0 - 2 CD Trofense
Árbitro: Cosme Machado (Braga)

Marcadores: 0-1 Moustapha, 44', 0-2 Varela, 70';

CD Fátima: Filipe Leão, Bruno Mestre, Veríssimo, João Pereira, Neto (Rafael Costa, 46), Jorge Neves, Edson Cruz (Moreira, 51), Rui Baião, Yartey, Nuno Sousa (Miguel Neves, 68) e Mauro Bastos.
Suplentes: Sérgio, Pina, Rafael Costa, Miguel Neves, Varela, Moreira e Evandro Brandão.

Trofense: Alex Alves, João Dias, Pedro Ribeiro, Luís Eduardo, Igor, Tiago, Varela, Moustapha (Zé Manel, 90+2), Sérginho (Licá, 70), Nildo e Bahin (Filipe Gonçalves, 77).
Suplentes: Janota, Caicó, Filipe Gonçalves, Zé Manel, Licá, Reguila e Ouattara.


O Trofense venceu este domingo o Fátima por 2-0 em encontro da 7.ª jornada da Liga Orangina, alcançando a primeira vitória na condição de visitante.
Moustapha, aos 44 minutos, e Varela, aos 70', aproveitaram os erros defensivos dos ribatejanos para construírem o resultado que permitiu ao Trofense chegar ao grupo dos segundos classificados. Num jogo pobre em termos de espectáculo e muito condicionado pelo anti-jogo do Trofense no decorrer da segunda parte, destacou-se o avançado Moustapha, o único com capacidade para desequilibrar individualmente.
Ainda assim, foi o Fátima a desperdiçar a primeira oportunidade de golo, aos 12', com Nuno Sousa, no interior da grande área, a rematar ao lado, só com Alex Alves pela frente.
Volvidos 6', surgiu Moustapha a obrigar Filipe Leão a uma defesa apertada, dando o mote para o que viria a seguir. Mesmo em cima do intervalo, o avançado desviou para o fundo das redes uma bola vinda de um lançamento lateral.
Sem tempo para reagir, Diamantino Miranda lançou Rafael Costa e Moreira nos primeiros minutos da segunda parte, na tentativa de dar velocidade às transições ofensivas da equipa. Contudo, seria Varela a chegar ao golo, rematando de calcanhar uma bola perdida no interior da grande área, após um livre directo.
O Fátima reagiu e viu o poste devolver uma bola batida por Miguel Neves, na marcação de um livre direto. Já com o Trofense reduzido a 10 unidades, os ribatejanos carregaram nos últimos minutos, construindo várias situações para marcar, mas esbarraram na falta de pontaria.
O Fátima perdeu a invencibilidade no seu estádio e caiu para o 13.º lugar, com 7 pontos, enquanto o Trofense igualou o Estoril.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Vítor Oliveira ao leme até final da temporada

Vítor Oliveira é o novo treinador do Desportivo das Aves, 13.º classificado da Liga Orangina, tendo rubricado um contrato até ao final da temporada, revelou à Agência Lusa uma fonte do clube.
Vítor Oliveira vai orientar sexta feira de manhã o primeiro treino do Desportivo das Aves, avançou à Lusa o presidente da comissão administrativa do clube, Armando Silva.
O treinador, de 56 anos, começou a sua carreira no Portimonense, em 1984/85, tendo depois passado pelo Maia, Paços de Ferreira, Gil Vicente, Vitória de Guimarães, Académica, União de Leiria, Sporting de Braga, Belenenses, Moreirense, Leixões (onde em 2008/09 experimentou o cargo de diretor desportivo) e de novo União de Leiria antes de, na época passada, ter ingressado no Trofense, onde não terminaria a época.
O Desportivo das Aves rescindiu segunda feira com o anterior técnico, Micael Sequeira, depois de a equipa ter averbado a sua terceira derrota consecutiva: duas para o campeonato e uma para a Taça de Portugal, em casa, ante uma equipa da II divisão, o Louletano.
in "Jornal Record"

terça-feira, 5 de outubro de 2010

CARTA ABERTA A BRUNO MOURA

Caro Bruno Moura
Dirijo-me a si publicamente para lhe dar os parabéns:
- Pela coragem, ambição e honestidade que revelou ao assinar pelo Santa Clara;
- Pela forma determinada com que aceitou o desafio que lhe foi proposto, tendo em conta as extraordinárias dificuldades inerentes ao mesmo. A história do Santa Clara tem sido pródiga em situações como aquela que se lhe depara: projecto novo, equipa nova e objectivo de construir bases para subir em três anos. A diferença é que esta época a fasquia está demasiado alta e a pressão é para subir já, o que introduz um factor acrescido de stress;
- Pelas condições que lhe são confrontadas: construir uma equipa do nada constituída por jogadores baratos e acessíveis, obter resultados já e valorizar jogadores para vender. Não há aqui nenhuma crítica à Comissão de Gestão pois a herança que recebeu já bastante de trás não permite veleidades uma vez que o que está em causa é a própria sobrevivência do clube. E aqui a questão que pretendo sublinhar é justamente a sua atitude solidária com a referida Comissão;
- Pelo seu discurso transparente, realista, contentor e apaziguador de eventuais ansiedades e ainda de superior inteligência, sem ocas e vãs ambições nem de lamentável auto-comiseração;
- Pelos resultados que tem conseguido de forma progressiva, consistente e sem desânimos;
-Pela forma cuidadosa mas assertiva como tem blindado o balneário às vicissitudes financeiras - de carácter transitório, esclareça-se - do clube.

Apesar de não ter visto ao vivo o jogo com o Covilhã, pois vivo em Lisboa, vi um resumo na "TVGOLO" e aquilo que pretendo salientar é um aspecto de grande importância que foi dado observar a quem viu o jogo e que constitui, quanto a mim, o corolário do excelente trabalho que tem feito com a equipa. Refiro-me concretamente à forma efusiva, solidária e empenhada como todos os jogadores (titulares e suplentes) comemoraram os golos.

Tal como tem acontecido nos últimos anos, terei, juntamente com outras pessoas, a oportunidade de ir apoiar a equipa nos jogos fora sempre que tal for possível.

Finalmente faço votos para que se esteja a ambientar bem a Ponta Delgada e que com esta sua passagem pelo Santa Clara seja possível concretizar o objectivo inicialmente aspirado: que ambos, Bruno Moura e Santa Clara saiam vencedores deste difícil mas estimulante desafio.

Com os meus melhores cumprimentos
João Carlos Melo

fonte: http://cdsantaclara1.blogspot.com/

domingo, 3 de outubro de 2010

Resultados e Classificação - 4ªJornada

Resultados
Arouca 3 - Moreirense 0
CD Santa Clara 3 - SC Covilhã 1
Fátima 4 - Belenenses 2
Estoril Praia 2 - Penafiel 0
Desp. das Aves 1 - Gil Vicente 2
Trofense 0 - Feirense 0
Freamunde 0 - Varzim 0
Leixões SC 1 - Oliveirense 1
---
Classificação

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Liga Orangina: Assistências 3ª Jornada 10/11

G.Vicente   - Leixões    3.315 (27,00% ocupação) 
Moreirense  - Aves       2.320 (38,00% ocupação)
Belenenses  - Arouca     1.671 (13,00% ocupação)
Varzim      - Trofense   1.344 (18,00% ocupação)
Penafiel    - Fátima     1.330 (29,00% ocupação)
Covilhã     - Freamunde    580 (19,00% ocupação)  
Feirense    - Sta. Clara   527 (16,00% ocupação)
Oliveirense - Estoril      442 (32,00% ocupação)
Dados da exclusiva responsabilidade da LPFP

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Gil Vicente-Leixões: Disputa do poleiro num mar sem crista

O nulo final traduz com rigor a generalizada falta de ideias que tanto Gil Vicente como Leixões patentearam ontem à noite em Barcelos, no jogo de abertura da 3.ª jornada da Liga Orangina.
Um encontro amorfo entre dois candidatos assumidos à subida de divisão, que nunca conseguiram explorar os seus estilos de jogo e cedo ficaram reféns de um futebol demasiado direto e desapoiado. Tudo espremido e o máximo que há a mencionar é meia dúzia de remates de fácil intervenção quer para Murta quer para Ricardo.
Sem alma para construir situações de finalização, os gilistas confiaram muitas bolas em lances de profundidade. Uma opção que trouxe volume de jogo à linha atacante, mas onde a falta de apoio para desdobrar os lances emperrou com facilidade na coesa defesa leixonense.
Ao invés, a formação visitante apostou num esquema mais compacto. Um futebol em apoio e sempre com linhas de passe na circulação do esférico, mas sem velocidade nas transições para tirar proveito da objetividade que Tiago Cintra e Félix procuraram colocar no relvado.
O período de descanso não foi bom conselheiro e nem as alterações introduzidas quer por Paulo Alves quer por Augusto Inácio na etapa complementar, na esperança de dinamizar o desafio, foram capazes de desatar o nó ao marasmo patente.


Lenta agonia

A tremenda falta de audácia para criar desequilíbrios em qualquer setor do terreno, mas, principalmente nos corredores, não só condenou o desafio a uma lenta agonia, como deixou bem evidente que a principal preocupação de gilistas e leixonenses já era não perder terreno no duelo pela liderança do campeonato.

Um sintoma, aliás, bastante evidente com o aproximar do apito final. Momentos dramáticos, com as duas equipas em desnorte completo na construção de jogo e onde só o desgaste físico acumulado potenciou alguns lances de bola parada que ainda alimentaram a expectativa do público presente.
por "Pedro Malacó - Record"

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Calendário da 3ªJornada

Gil Vicente  - Leixões     23/Set Quinta  20h15 STV1
Feirense     - Sta. Clara  26/Set Domingo 11h15 STV1
Varzim       - Trofense    26/Set Domingo 16h00
Penafiel     - Fátima      26/Set Domingo 16h00
Covilhã      - Freamunde   26/Set Domingo 16h00
Moreirense   - Aves        26/Set Domingo 16h00
Oliveirense  - Estoril     26/Set Domingo 16h00
Belenenses   - Arouca      26/Set Domingo 16h00

Taça de Portugal: Santa Clara 4 - 0 Oliveira de Frades

Red Boys On Fire

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Renan Marques obrigado a voltar

EMPRESÁRIO AMEAÇOU COM PROCESSO NA FIFA

O avançado brasileiro, Renan Marques, está de volta aos Açores após uma passagem de cinco dias no Baniyas SC, do Dubai. O volte-face deve-se ao empresário do jogador que alegou não ter tomado conhecimento da sua transferência, a qual foi levada a cabo entre os dois emblemas a 15 de setembro.

“Os dois clubes chegaram a acordo para a transferência e viajei para o Dubai. O meu empresário, no Brasil, não tinha conhecimento deste negócio, porque considerei que não o deveria informar”, começou por reconhecer Renan Marques em conferência de imprensa, ontem, em Ponta Delgada.

“A partir do momento em que o meu representante teve conhecimento da negociação, abordou o clube do Dubai e ameaçou com um processo na FIFA”, prosseguiu o avançado brasileiro, de 27 anos.

Sobre a proposta do clube do Dubai, admitiu: “Era muito interessante do ponto de vista financeiro, o que me permitiria garantir um bom futuro”. Ainda assim, afiançou que regressa aos Açores com o objetivo de “ajudar o Santa Clara a conseguir a subida de divisão”.

O jogador revelou ainda que a ligação ao empresário do Brasil termina em fevereiro e que terá de analisar se vai renovar o vínculo ou procurar um novo representante.

Apesar de tudo, reconheceu que este tem o poder para abortar o negócio: “Acabei por sair prejudicado, mas ele estava a agir dentro dos seus direitos.”

fonte: jornal RECORD

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Renan foi vendido a clube do Dubai

O Santa Clara garantiu mais um negócio com a venda do avançado Renan ao Baniyas SC, do Dubai. O valor da transferência não foi anunciado pela comissão administrativa do emblema de Ponta Delgada, mas uma nota informativa, colocada no site oficial, garante “mais um encaixe financeiro importante para o clube”. Renan chegara ao clube em agosto de 2009, a custo zero.
Com a venda do atacante, de 27 anos, sobe para três o número de jogadores vendidos em 2010, após a saída do lateral-esquerdo Stopira, para o Deportivo, e do médio Valter, para o Ceuta, ambos de Espanha.
Nos negócios anteriores, o Santa Clara arrecadou 120 mil euros e manteve a posse de 25 por cento do passe de Stopira e 50 por cento de Valter. Com a venda de Renan Marques, o clube optou por ceder a totalidade dos direitos desportivos e o avançado brasileiro assinou um contrato válido por uma época com o Baniyas SC.
A venda de jogadores é uma estratégia dos encarnados para garantirem receitas extraordinárias e assim diminuírem o passivo do clube (ronda os 6 milhões de euros). Com a saída de Renan, o Santa Clara vai contratar um avançado, mas tem de ser um jogador desempregado para poder ser inscrito de imediato na Liga.

Jornal Record

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Eutrópio cheio de fé para época de estreia

O Estoril somou a primeira vitória na Liga de Honra e o treinador Vinícius Eutrópio, católico convicto, aproveitou a folga de ontem para se deslocar com a família ao Santuário de Fátima. A primeira intenção era dar a conhecer aquele local de culto à família, mas o técnico, que se estreia este ano no futebol português, também aproveitou a viagem para agradecer o convincente triunfo sobre o Sp. Covilhã (3-1) no domingo passado.
“Os portugueses e os brasileiros são, na sua essência, muito religiosos. Aliás, a religião, neste caso a católica, faz parte da nossa cultura. Como a minha família regressa amanhã [hoje] ao Brasil, e estando a equipa de folga, aproveitei para os levar a conhecer Fátima. Agradeci a vitória, claro, e até já está prometida uma nova visita se o Estoril realizar uma boa temporada”, contou ao nosso jornal o treinador de 44 anos.
Eutrópio, que confidenciou ter posto uma vela para pedir para ser atendido nos seus desejos, mantém vivo o seu catolicismo, como fez questão de sublinhar. “Sou devoto da Nossa Sra. da Aparecida do Norte, a padroeira do Brasil. Recorri a ela em várias ocasiões muito importantes da minha vida.” Quanto à escolha, em Portugal, por Nossa Senhora de Fátima, o técnico acrescenta: “Bem, somos devotos e pedimos sempre a quem nos pode ouvir e ajudar.”
“Sou inteiramente ligado à religião. Na nossa profissão, ainda acabamos por ser mais”, concluiu.

in "Record"

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Resultados da 2ªJornada

Arouca 2 -  Feirense 2
Aves 3 - Oliveirense 0
Trofense 1 -  Moreirense 0
Freamunde 0 -  G.Vicente 1
Fátima 1 -  Varzim 0
Estoril 3 -  Covilhã 1
----

Fotos Sou Trofense | Trofense 1 x 0 Moreirense


Resumo Trofa TV

domingo, 12 de setembro de 2010

Leixões conquista primeira vitória

Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.
Leixões-Santa Clara, 1-0 (Feliciano, 75 minutos )
Assistência: Cerca de 800 espectadores.

O Leixões conquistou este domingo a primeira vitória na Liga Orangina, depois de derrotar, por 1-0, o Santa Clara no jogo matinal da 2.ª jornada.
A frase "era melhor ter ficado em casa a dormir" foi a mais ouvida nas bancadas do Estádio do Mar, especialmente na primeira parte do encontro, fraca demais para uma liga profissional.
Foi preciso esperar 25 minutos para registar o primeiro lance digno de referência, num remate seco de Fábio Espinho para defesa fácil de Ney.
A segunda parte foi bem mais animada que os 45 minutos iniciais. O primeiro toque de despertar surgiu para a formação açoriana, através de um remate de Jorge Monteiro a roçar o poste da baliza de Ricardo (58').
Antes, na baliza contrária, Fábio Espinho pôs à prova a atenção do guardião Ney, num livre direto bem executado.
As arrancadas de Jean Sony, pelo flanco direito, despertavam os exigentes adeptos da casa, que, aos 72 minutos, fecharam os olhos quando viram Alex isolar-se na frente de ataque açoriana. Ricardo, atento e destemido, evitou o golo para o Santa Clara.
Golo que havia de surgir, sem que nada o fizesse prever, à passagem pelo minuto 75. Oliveira cruza largo para o interior da área, onde aparece sozinho Feliciano a inaugurar o marcador.
No minuto seguinte, Jorge Monteiro podia ter empatado a partida, quando, isolado na cara de Ricardo, atirou de cabeça por cima da baliza do guardião leixonense.
Foi o melhor período do jogo, que acabava pouco depois com a primeira vitória do Leixões no campeonato.

Record

Penafiel e Belenenses anulam-se




Jogo no Estádio Municipal 25 de Abril, em Penafiel.


Penafiel: Márcio Ramos, Zamorano, Sandro, Digão, Elízio, Bruno Madeira, Hugo Soares, Vítor (Wesllem, 75), Kanu, Manoel (Cascavel, 75) e Michel.

Belenenses: Semmi, Barge, Baggio, Célio Santos, André Pires (Devic, 46), Celestino, Balú, Miguel Rosa, Fredi, Souza (Calé, 50, Luís Carlos, 72) e Camará.

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Kanu (20), Calé (56), Balú (70), Devic (73), Célio Santos (83).


O Penafiel e um renovado Belenenses empataram 0-0, em jogo antecipado da 2.ª jornada da Liga Orangina, disputado no Municipal 25 de Abril, em Penafiel, e marcado por escassas oportunidades de golo.
A equipa anfitriã foi quem mais fez pela vitória, sobretudo no segundo período, mas os lisboetas foram coesos e souberam sofrer na defesa de um ponto.
Após este jogo, o Penafiel isolou-se provisoriamente na liderança da prova, com quatro pontos, mas dois do que o Belenenses, a meio da tabela.
Com Digão a repetir a presença no onze e a mostrar que é mais do que o irmão do internacional brasileiro Kaká, o Penafiel jogou em 4-3-3, à semelhança do Belenenses, com as duas equipas a coincidirem ainda no formato do meio-campo.
A primeira parte foi equilibrada, revelando a espaços algum ascendente territorial do Belenenses, mas sem grandes situações de golo, apesar de a formação anfitriã ter sido mais rematadora.
O lance mais perigoso deste período aconteceu aos 33 minutos e levou o selo de qualidade do 'penafidelense' Michel, um jovem brasileiro a merecer outros palcos, num livre direto que obrigou Semmi a efetuar uma grande defesa.
O Belenenses, com uma renovada dupla de centrais, um meio campo mais sólido e criativo com Balú e Miguel Rosa e um ataque mais forte também podia ter marcado após desatenção de Márcio Ramos, aos 30 minutos, mas conseguiu apagar a imagem deixada após a derrota (3-1) para a Taça da Liga.
A segunda parte mostrou um Penafiel mais 'mandão' e pressionante, mas o melhor que a equipa conseguiu foi uma bola no ferro após cabeceamento de Sandro, aos 56 minutos, face ao um Belenenses cada vez mais remetido à sua defesa.

Record

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Arouca em Esposende para a Taça de Portugal

O FC Arouca esteve incluído no sorteio da 2ª Eliminatória da Taça de Portugal, eliminatória essa que a equipa arouquense vai disputar frente à equipa da AD Esposende, com a turma das terras de Santa Mafalda a deslocar-se ao reduto do Esposende para disputar a sua primeira partida na Taça de Portugal.
A equipa da Liga Orangina é favorita para esta partida mas terá de o provar em campo no jogo que será realizado no dia 19 deste mês de Setembro.
Força Arouca.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Ney quer manter titularidade

O guarda-redes Ney, que tem sido a primeira escolha do treinador Bruno Moura, quer manter a titularidade ao longo da Liga Orangina, segundo declarações prestadas esta terça-feira em conferência de imprensa.

"Fico feliz de estar a jogar, isso é fundamental. O treinador optou por mim e estou a tentar corresponder dentro de campo. Vou tentar manter essa regularidade para ser titular no Santa Clara", afirmou Ney.

Na última época, sob a orientação do técnico Vítor Pereira, atual treinador adjunto no FC Porto, Ney foi poucas vezes o escolhido, tendo sido maior a rotatividade na baliza do Santa Clara. "O ano passado houve maior rotatividade, houve jogos que correram melhor que outros, mas também teve a ver com a opção do treinador. Mas respeitei sempre as escolhas do treinador porque ele tinha de ver o que era melhor para a equipa", explicou.

Para o guarda-redes dos encarnados de Ponta Delgada, a ausência de vitórias no campeonato não têm correspondido ao desempenho da equipa dentro de campo.

"Infelizmente, não conseguimos vencer ainda. A nossa equipa tem jogado sempre melhor que o adversário apesar de não conseguir vitórias. Vamos continuar a trabalhar firme e com pensamento positivo".

Ney considera que tudo se trata de uma questão de tempo, porque "o grupo é novo e há mais dificuldades" e acredita que os resultados vão acabar por surgir.

Após o empate em casa com o Arouca (1-1), na estreia na Liga de Honra, o Santa Clara desloca-se domingo ao terreno do Leixões, em jogo da 2.ª jornada.

fonte: jornal RECORD

Reforços têm estreia à vista com o Leixões

O Santa Clara vai apresentar-se na máxima força na deslocação a Matosinhos para defrontar o Leixões, num jogo entre duas equipas que assumiram a ambição de subir de divisão. E os últimos reforços – o defesa Ilic e os médios Pacheco e Fajardo –, devem estrear-se na equipa titular.
O sérvio, de 23 anos, contratado esta temporada ao Radnicki Obrenovac, aguarda a chegada do certificado internacional provisório emitido pela FIFA para poder alinhar pelo Santa Clara. O processo deverá ficar concluído esta semana, após o jogador ter assinado contrato em julho.
Também o médio-centro Pacheco, de 26 anos, ex-Nacional, deverá fazer o seu primeiro jogo oficial no domingo, depois de ter falhado os jogos da Taça da Liga e a 1.ª jornada da Liga Orangina devido a lesão.


Golos precisam-se

Quanto ao avançado Fajardo, de 31 anos, contratado no final de agosto, deverá entrar imediatamente na equipa titular devido à experiência de Liga principal e também ao facto de ser importante melhorar a capacidade de finalização do ataque açoriano, que apenas marcou 3 golos, sendo que todos surgiram na sequência de lances de bola parada.

O técnico Bruno Moura também poderá estrear os defesas Brigues e Anderson, contratados no fecho do mercado de transferências, enquanto os médios Gabi e Jefersson já se encontram a treinar de forma condicionada, podendo ainda recuperar a tempo de ser utilizados diante do Leixões.

fonte: jornal RECORD

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Calendário da 2ªJornada

Penafiel x Belenenses 11/Set Sábado 17h00 STV1
Leixões x Sta. Clara 12/Set Domingo 11h15 STV1
Arouca x Feirense 12/Set Domingo 16h00
Aves x Oliveirense 12/Set Domingo 16h00
Trofense x Moreirense 12/Set Domingo 16h00
Freamunde x G.Vicente 12/Set Domingo 16h00
Fátima x Varzim 12/Set Domingo 17h00
Estoril x Covilhã 12/Set Domingo 17h00

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Babanco e N'Jock são reforços para o FCA

O Futebol Clube de Arouca conseguiu mais duas contratações "tardias", a primeira foi do médio de 25 anos Elvis Babanco, oriundo de Cabo Verde, que na época passada representou o Boavista Praia, a segunda foi o avançado camaronês N'Jock de 30 anos, um verdadeiro "pinheiro" de 1,96m que no ano passado representava o Estoril Praia.
Dar ainda destaque ao insucesso das negociações entre o Futebol Clube de Arouca e o ex-jogador do Belenenses e da Olhanense, o avançado João Paulo, que rejeitou juntar-se ao grupo arouquense "à última da hora".
Espera-se que estes dois reforços tragam ainda mais qualidade à equipa orientada pelo professor Henrique Nunes.

«Quero afirmar-me no Santa Clara e ficar por cá muitos anos»

Defesa preparava-se para representar o Bota Fogo quando soube do interesse do nosso clube. Nem hesitou em aceitar o convite porque já tinha boas referências.

Anderson veio para Portugal com apenas 19 anos à procura do sonho de qualquer atleta brasileiro: jogar e afirmar-se no futebol europeu. Representou o Sertanense durante três temporadas consecutivas e as boas exibições no clube da Sertã levaram-no de regresso ao Brasil para disputar o Brasileirão pelo Bota Fogo.

Porém, uma proposta do Santa Clara fê-lo regressar a território luso com a perspectiva de continuar a alimentar a ambição de chegar mais longe. O defesa, que tanto pode jogar como central como lateral esquerdo, nem pensou duas vezes quando soube do interesse do nosso clube.

«Quando surgiu a possibilidade de ser jogador do Santa Clara optei pelo regresso a Portugal porque sempre ouvi falar bem do clube, apresenta equipas para lutar pela subida, possui boas estruturas físicas e o ambiente é fantástico entre os jogadores, como já pude comprovar», explicou.

Os conselhos de Ruy Netto, ex-jogador da nossa equipa, também contribuíram para uma resposta positiva. «Ele deu-me boas referências do clube e agora vou procurar conquistar o meu espaço. Sei que a concorrência é forte mas vou trabalhar e aguardar por uma oportunidade».

Habituado a jogar em Portugal, Anderson só pensa agora em «afirmar-me no Santa Clara e no futebol português», ele que trouxe na bagagem a «expectativa de ficar por cá durante muitos anos» e a ambição de «ajudar a equipa a subir à Liga Zona Sagres, campeonato que também desejo disputar».

Site Oficial CD Santa Clara

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Diogo Rosado no FC Penafiel

Diogo Rosado jogador do Sporting, foi emprestado ao FC Penafiel até ao final da época, é um jogador de 20 anos com 1,85m e é umas das pérolas da academia de Alvalade. Na época passada esteve emprestado ao Real, clube que milita na segunda divisão. Diogo joga preferencialmente a número 10 e será uma alternativa a Vitor, mas também será uma alternativa para Kanu no lado direito do ataque, pois também joga a extremo. É o 28.º jogador no plantel de Lázaro Oliveira. O FC Penafiel tem um dos planteis mais extensos da Liga, mas apesar disso pode-se dizer que é um plantel com grande qualidade e que nenhum jogador tem o lugar assegurado no 11.

Lourenço e Renato Santos no Moreirense

O avançado Luís Lourenço, ex-jogador do Sporting e que há vários anos conduzia a sua carreira na Grécia, assinou com o Moreirense por uma época. Lourenço representava o Kerkyra, depois de antes ter estado no Panionios e o seu último clube em Portugal foi o V. Setúbal.

O clube garantiu também o empréstimo do extremo Renato Santos, de 18 anos, que chega cedido pelo Rio Ave. O jogador fez a formação no Sporting.

 A Bola

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

CD Santa Clara 1-1 FC Arouca

No dia de ontem, Domingo, o Futebol Clube de Arouca iniciou a sua participação nos campeonatos profissionais, com a deslocação ao sempre difícil reduto do Santa Clara, um dos "crónicos" candidatos à subida.
O jogo foi no seu total equilibrado. Com ambas as equipas a criarem oportunidades, mas o intervalo chegou com o resultado ainda a zeros.
Os golos apenas chegaram na segunda parte, com o Santa Clara a marcar primeiro, com um golo de Renato à passagem do minuto 65. Com o Arouca a empatar a partida volvidos apenas 5 minutos através do defesa Filipe Babo.
Nota ainda para um remate ao poste a 4 minutos do fim por intermédio do lateral arouquense Steven.
O resultado acaba por ser justo, com o Santa Clara com ligeiro domínio mas com o Arouca a criar mais jogadas de perigo, o resultado aceita-se e é um resultado bastante positivo para os homens das terras de Santa Mafalda.
O próximo jogo realiza-se apenas no dia 12 de Setembro, quando o Arouca receber no Municipal de Arouca a vizinha equipa do CD Feirense.
FORÇA AROUCA!

Belenenses e Aves empatam no Restelo

O Belenenses estreou-se esta manhã na Liga de Honra com um empate a um golo, frente ao Desportivo de Aves. O encontro marcou o regresso oficial dos azuis ao segundo escalão do futebol nacional, depois de 12 anos na 1.ª liga.
A formação do Restelo até começou melhor e inaugurou o marcador aos 15', por intermédio de Abel Camará, após bom trabalho de Fredy no lado direito do ataque.
O Aves reagiu e chegou à igualdade através de uma grande penalidade, convertida por Rabiola, a punir uma falta de Devic. O jovem avançado, emprestado pelo F.C.Porto, não desperdiçou.
As equipas foram para o intervalo empatadas, resultado que não se alterou na 2.ª parte, apesar de ambas as formações terem disposto de boas oportunidades para alterar o marcador.
O jogo marcou ainda a estreia de Milan Purovic com a camisola dos lisboetas. O montenegrino entrou no decorrer da segunda parte e mostrou bons promenores.
Record

Resultados da 1ªJornada

Resultados
Varzim SC 3(Tiago Terroso, André Carvalho e Dedé) - Penafiel 4(Neto a.g , Manoel, Bruno Madeira e Rafa)
Feirense 0 - Freamunde 0
SC Covilhã 2(Abdoulaye e Rincón) - Leixões SC 1 (Oliveira)
Gil Vicente 2(Luis Carlos e Ramazotti) - Trofense 1 (Santos)
Moreirense 1(Rodrigo) - Estoril Praia 0
Oliveirense 1 (João Pereira a.g) - CD Fátima 0
-
Classificação

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Liga Orangina | Apresentação da nova imagem

Tó Miguel acredita na passagem à segunda fase da Taça da Liga

"Não entrámos bem no jogo e a prova disso foram os dois golos que sofremos e que acabaram por condicionar o nosso desempenho no primeiro encontro oficial da temporada", admitiu o jogador dos "encarnados" de Ponta Delgada.

Numa conferência de imprensa no Estádio de S. Miguel, o médio do Santa Clara considerou, no entanto, que a passagem à segunda fase da competição continua ao alcance da equipa, quando estão por cumprir dois jogos -domingo com o Estoril e na jornada seguinte, em casa, com o Varzim.

"Perdemos o primeiro desafio, mas vamos dar uma boa resposta frente ao Estoril, domingo. Agora queremos vencer a próxima partida porque é a que se segue, mas o objetivo é entrar sempre para discutir os três pontos em qualquer competição", referiu.

fonte: ESP BRASIL

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Taça da Liga | Trofense 0 x 0 Leixões

Taça da Liga - Assistências

Trofense - Leixões 1.598 (31,49% ocupação)
Aves - Covilhã 485 (6,06% ocupação)
Estoril - Varzim 481 (9,62% ocupação)
G.Vicente - Moreirense 865 (6,48% ocupação)
Freamunde - Arouca 454 (11,58% ocupação)
Penafiel - Belenenses 400 (6,15% ocupação)
Oliveirense - Sta. Clara 352 (21,50% ocupação)
CD Fátima - Feirense 293 (19,01% ocupação)

Um histórico... mais acessível

O Penafiel “apadrinha” o primeiro jogo oficial do Belenenses na sua época de regresso à Liga de Honra. O histórico clube do futebol português – as suas 71 presenças na Liga comprovam-no, número apenas superado por Benfica, FC Porto e Sporting – já se cruzou várias vezes com os durienses no passado, fazendo valer quase sempre a sua supremacia.
Dos 23 jogos entre ambos, os azuis do Restelo venceram 11, registando-se 7 empates e apenas 5 vitórias do Penafiel. Nos últimos tempos, a superioridades dos de Belém intensificou-se, sendo preciso recuar quase 20 anos para encontrar o último triunfo dos durienses (época 1990/91). Contudo, o sentimento reinante em Penafiel é de que o Belenenses é hoje um adversário bem mais acessível...
“Muita coisa mudou. Continua a ter um nome e a ter prestígio, mas já não tem o mesmo poder”, comenta Luís Dias, o único jogador do plantel de Lázaro Oliveira que esteve presente no último confronto entre as duas equipas. Decorria a época 2005/06 e o Penafiel foi goleado por 5-0. O lateral recorda esse dia com pesar, mas acredita que esta tarde tudo será diferente.
“Queremos rebentar com eles. Temos as nossas armas e vamos jogar com elas. Acho que chegamos em boas condições a este jogo”, analisa o internacional Sub-20, agora com 23 anos, deixando uma promessa: “Não vai ser fácil para eles sair daqui com uma vitória. Olhando para o passado, são teoricamente mais fortes que nós, e acho que têm um bom plantel. Mas nós estamos preparados para vencer.”
Do rival, Dias conhece bem Luís Carlos, avançado com quem já trabalhou em Penafiel. O defesa sabe, assim, como travá-lo. “Não me assusta”, diz, entre risos

Record

Coreografia dos Ultras Trofa no jogo CD Trofense / Leixões SC

Fúria Azul no jogo da Taça da Liga FC Penafiel 3 / CF "Os Belenenses 1

Pinheiro (CD Feirense) lidera lista de melhores marcadores da Taça da Liga 2010-2011

Arrancou a Taça da Liga para as equipas da Liga Orangina

Jogaram-se este fim de semana os jogos da 1.ª jornada da 1.ª fase de grupos da Taça da Liga, com destaque para as vitórias de Oliveirense, Desp. Aves e Penafiel sobre Santa Clara, Sp. Covilhã e Belenenses respectivamente. Para a próxima ronda da Taça da Liga passam apenas os dois primeiros de cada grupo, estando já a segunda jornada agendada para o fim-de-semana de 14 e 15 de Agosto.
Das equipas que foram despromovidas da Liga Sagras da época passada, só o Leixões conseguiu pontuar. A equipa da Matosinhos viajou até ao terreno do Trofense e o resultado saldou-se num empate a zero bolas. A outra equipa, o Belenenses, foi derrotada na deslocação a Penafiel por 3-1. As equipas que subiram à Liga Orangina tiveram sortes semelhantes. O Arouca empatou a uma bola no terreno do Freamunde e o Moreirense deslocou-se a Barcelos e empatou com o Gil Vicente a três bolas. Para o próximo fim-de-semana estão agendados os jogos relativos à 2.ª jornada desta fase de grupos.
Zero Zero


sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Faltam mais dois para fechar grupo

Os azuis querem contratar até ao fecho do mercado um defesa-central com experiência e um ponta-de-lança possante. A equipa de Rui Gregório já recebeu seis reforços (Duarte Machado, Luís Carlos, Nené, Miguel Rosa, Semmler e André Martins), mas ainda faltam mais esses dois elementos e, eventualmente, um extremo-esquerdo para fechar o plantel.
Quem não fará parte do grupo é Luís Esteves. O jovem neozelandês, de 18 anos, prestou declarações ao “Daily Post” a revelar que está em Portugal para assinar pelo Belenenses, cenário desmentido a Record por uma fonte do clube.

Record

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Sou Trofense: Iniciativa Blog Sou Trofense / C.D.T.

O Blog Sou Trofense, com a colaboração do CDT, vai entregar 3 convites para o jogo Trofense x Leixões que se realiza dia 08-08-10, no Estádio do Clube Desportivo Trofense às 17h.
Para se habilitar a um bilhete, basta dizer a frase que esta escrita nas costas da t-shirt oficial do Blog.
Sábado pelas 19h será efectuado o sorteio com todos os participantes que acertaram.
Obs: Só aceitamos comentários devidamente identificados.

Trofense | Plantel Oficial 2010/2011

Pedro Pacheco é o capitão



GABY, TÓ MIGUEL E EDGAR SÃO OS SUBCAPITÃES

O açoriano Pedro Pacheco foi nomeado ontem capitão da equipa do Santa Clara. A decisão foi comunicada ao plantel pelo treinador Bruno Moura que escolheu ainda três subcapitães.

Os jogadores selecionados para representarem o plantel açoriano são os médios Gaby e Tó Miguel – dois licenciados em Educação Física –, juntamente com o defesa-central Edgar, contratado este ano ao Sp. Covilhã.

O clube de Ponta Delgada, recorde-se, apresenta um plantel renovado com 19 caras novas, além do próprio treinador.

fonte: jornal RECORD

santos pronto a "estoirar" após longa recuperação

Aderlan dos Santos foi contratado em janeiro, mas apenas agora se começa a mostrar no Trofense. O central teve de enfrentar uma espera de meio ano até se tornar um verdadeiro reforço, fruto da lesão sofrida três dias depois de assinar contrato.
Numa altura em que a sua contratação ainda nem sequer tinha sido oficializada, o brasileiro contraiu uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo, enfrentando uma paragem de seis meses depois de ter sido atirado para uma mesa de operações. Não jogou em 2009/10, mas agora está apostado em recuperar o tempo perdido. “Foram horas muito difíceis para alguém que tinha largado tudo no Brasil para se aventurar na Europa pela primeira vez”, relembra o dono da camisola 33, que até aqui apenas havia jogado no Salgueiro e Araripina, ambos clubes canarinhos.
Até agora, a pré-época tem sido favorável. Santos (nome pelo qual quer ser conhecido) parece ter conquistado a confiança de Porfírio Amorim, que lhe deu a titularidade nos últimos três jogos-treino disputados. O atleta, de 21 anos, diz estar pronto para “estoirar”. “Agradeço tudo o que fizeram por mim. Sei que devo muito ao clube e agora quero mostrar o meu valor e subir de divisão”, comentou.
Record

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Mayedin à experiência

O Fátima regressa hoje à tarde ao trabalho para preparar o encontro com o Feirense, para a Taça da Liga, e o treino vai contar com uma novidade, Joslain Leon Mayedin, guarda-redes que vai cumprir um período de observação no emblema ribatejano por um período de três ou quatro dias.
O guardião nasceu há 23 anos nos Camarões e fez a sua formação em França, no Metz. No seu currículo contam-se passagens pelo AEK Larnaca (Chipre), Hakoah Gan (Israel), Beitar Jerusalem (Israel), Maccabi Ahi Nazareth (Israel) e Dínamo Buscares-te (Roménia).
O atleta também já foi chamado à seleção do seu país, tendo feito parte dos convocados para os Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim, mas acabou por não somar qualquer minuto de jogo. Voltou a ser convocado para o encontro frente ao Togo, referente à qualificação para o Campeonato do Mundo da África do Sul, mas mais uma vez não saiu do banco de suplentes.
O técnico Diamantino Miranda terá as melhores indicações do guarda-redes mas quer vê-lo em ação. Tudo indica que Joslain Leon Mayedin poderá ser o próximo titular da baliza fatimense.
Record

Varzim -- Clube espera receber 440 mil euros com transferência de Bruno Alves

O Varzim, da Liga de Honra, espera receber uma verba a rondar os 440 mil euros com a transferência de Bruno Alves do FC Porto para o Zenit de São Petersburgo, na qualidade de clube formador do futebolista.
O clube poveiro encarou com agrado a transferência do jogador (por 22 milhões de euros), não só pelo importante encaixe financeiro, mas, sobretudo, por ser mais um caso de sucesso do sector de formação varzinista.
"Fico muito feliz pelo sucesso pessoal do Bruno (Alves), a quem desejo as maiores felicidades, e também por mostrarmos, mais uma vez, o trabalho de qualidade que há muitos anos desenvolvemos na nossa formação", disse à Agência Lusa o presidente do Varzim, Lopes de Castro.

domingo, 1 de agosto de 2010

Naval vence (1-0) Santa Clara

A Naval venceu hoje o Santa Clara (II Liga) por 1-0, jogo de preparação que decorreu na Figueira da Foz.

Lupède, aos 71 minutos, marcou o único golo da partida na sequência de um canto batido por Hugo Machado.

No próximo dia 7 de Agosto, a Naval realiza mais um particular com o União de Leiria, jogo que servirá para apresentação da equipa leiriense aos sócios.

fonte: Jornal RECORD

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Varzim 2-2 Guimarães (Jogo de apresentação)



O Varzim empatou esta tarde frente ao Vitória de Guimarães por 2-2 os golos foram marcados por Rui André 7m e Tito(Madeirense) ao cair do pano.

O Varzim entrou melhor na partida e logo aos 7 minutos Rui André com um remate fortíssimo de fora da área a inaugurar o marcador.

O Guimarães conseguiu criar perigo aos 27m através de um livre marcado por João Alves, com o guardião Varzinista a socar para fora.
Pouco depois mais duas oportunidades para a equipa do Guimarães, primeiro com o guardião Avelino a brilhar e depois um jogador do Vimaranense a atirar ao lado, duas excelentes oportunidades, na cara do guardião Varzinista.

Ainda antes do intervalo o árbrito pediu a substituição de Moreno, pois o jogador do Vitória terá dirigido palavras impróprias ao árbrito da partida.

Na segunda parte a equipa do Vitória conseguiu dar a volta ao marcador através de erros da equipa Varzinista, que originou os 2 golos dos Vimaranenses.

O primeiro golo do Vitória aconteceu através de um erro no meio campo alvi-negro, que Douglas á boca da baliza Varzinista não desperdiçou e reduziu para o Guimarães.
Pouco depois, um choque entre Telmo e Pereirinha, magoou o jogador Vimaranense, que de seguida foi levado para o Hospital(esperemos que não seja nada de grave).

O segundo golo do Vitória aconteceu através de um erro defensivo.

Entretanto, mesmo ao cair do pano a equipa Varzinista empatou por intermédio de Tito(Madeirense), ainda os adeptos do Vitória festejavam.

Foi um bom jogo de futebol, dentro mas também fora das quatro linhas.

O Varzim alinhou com; Avelino; Tiago Lopes, Pedro Santos, Campinho e Hugo Costa; Tito, Ruben Saldanha e Tiago Terroso; Gonçalo Graça, Rui André e Bruno Moreira.

Jogaram ainda; Rabaldo, Rui Barbosa, Ricardo Neves, Pica, Neto, Telmo, Mário, André Carvalho, Tiago Carneiro, Caetano, Salvador, Rafael, Dedé, Nelson Agra e Tito Silva.

Texto de Lobos do Mar

Larry Clavier assina por um ano

Larry Clavier, médio internacional por Guadalupe, assinou um contrato válido por uma temporada com o Freamunde. Após ter terminado recentemente a sua ligação com o Penafiel, devido a inadaptação ao clube, ruma ao plantel de Nicolau Vaqueiro, que defrontará no sábado o Moreirense, equipa que já bateu nesta pré-época, por 1-0.

O Jogo

Santa Clara-Arouca, 1-0: Moreira volta a dar vitória

O Santa Clara bateu ontem o Arouca, por 1-0, num confronto que voltará a repetir-se na primeira jornada da Liga de Honra.

Depois de na véspera ter vencido, pelo mesmo resultado, os árabes do Al-Wahda, o conjunto açoriano voltou a cumprir os objetivos, realizando uma exibição positiva. O golo, logo aos 13 minutos, teve o condão de dar ainda mais confiança à equipa orientada por Bruno Moura, técnico que ontem fez alinhar um onze próximo daquele que poderá servir de base para a próxima temporada.

Moreira – outra vez decisivo na vitória da equipa insular – foi o marcador do único golo da partida. O avançado concluiu da melhor forma um cruzamento de Monteiro, dando vantagem ao Santa Clara ainda antes do primeiro quarto de hora. Assumindo-se como o conjunto com melhores recursos do que o adversário, os açorianos juntaram qualidade, inteligência e rigor, ingredientes que possibilitaram a terceira vitória deste estágio.

Na segunda metade o encontro foi menos intenso, facto indissociável do calor intenso que se fazia sentir. A equipa de Bruno Moura continuou a comandar o jogo, não permitindo que o adversário se acercasse da baliza.

Sábado, o Santa Clara defronta a Naval no último confronto deste estágio realizado na zona de Quiaios.

fonte: JORNAL RECORD

domingo, 25 de julho de 2010

Varzim 2-0 Braga

O Varzim venceu esta manhã o Sporting de Braga por 2-0, golos marcados por Tito(Madeirense) e Bruno Moreira.

Foi uma manhã bem passada no estádio Municipal, que contou com uma boa assistência.

A primeira parte do encontro contou com duas jogadas de perigo, uma para cada lado.
Primeiro foi o Varzim, com Rui André a ameaçar a baliza bracarense e, pouco tempo depois, Pizzi com um remate de longe, a obrigar o guardião Varzinista a efectuar uma defesa.

Mas o melhor estava guardado para a segunda parte, que logo ao abrir Tito (Madeirense) através de um remate no coração da área a inaugurar o marcador.
Até que 10 minutos depois, Bruno Moreira fixou o resultado final, numa grande jogada entre Tito(Madeirense) e Dédé.

Na parte final do jogo destaque para uma grande penalidade a favor do Braga, na conversão Meyong atirou ao lado.

VARZIM -Ricardo Neves (Avelino, 46'); Tiago Lopes (Caetano, 46'), Telmo (Hugo Costa, 65'), Pedro Santos (Pica, 46') e Luís Neto; Tito II (Ruben Saldanha, 75'), André Carvalho, Tiago Terroso (Tito Silva, 46') e Gonçalo Graça (Dedé, 46'); Bruno Moreira (Rafael, 57') e Rui André (Tiago Carneiro, 46')

Não foram utilizados Rabaldo, Barbosa, Luca, Mário, Campinho e Nelson Agra.

Foto: Póvoa Semanário

Dyego Sousa decisivo

No jogo de apresentação aos seus sócios, o Leixões derrotou ontem o Freamunde por 1-0, com um golo apontado pelo reforço Dyego Sousa aos 55 minutos. Na estreia esta época no Estádio do Mar, Augusto Inácio apostou num 4x4x2 losango, com Oliveira (à esquerda) e Dener (como número 10) a surgiram como os elementos mais dinâmicos do meio-campo. Este último, proveniente do Rio Bananal, promete ser o novo Wesley, jogador que deixou saudades em Matosinhos depois da sua saída em janeiro de 2009.
Apesar de o Leixões já ter o plantel definido, foi o ainda em construção Freamunde que se mostrou em melhor plano na primeira parte. O avançado João Rodrigues esteve próximo de marcar em três ocasiões, enquanto os da casa tardaram em criar perigo. Fábio Espinho desperdiçou a melhor oportunidade, falhando uma grande penalidade (19 minutos) a sancionar um empurrão de Ronaldo a Dener.
Após o intervalo, o Leixões superiorizou-se – as entradas de Feliciano e, mais tarde, de Pedro Santos animaram o jogo –, com Dyego Sousa a resolver após assistência de Tininho. Na última meia hora, a qualidade de jogo diminuiu, registando-se uma abrupta quebra de velocidade.
Augusto Inácio destacou a “classe” com que os seus jogadores interpretaram as ideias que têm sido treinadas, enquanto Nicolau Vaqueiro reconheceu a “falta de rotinas” que a equipa ainda evidencia nesta altura.
Jornal Record

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Sandro é reforço no FC Penafiel

A nova contratação do FC Penafiel chama-se Sandro,é defesa central e na época passada jogou no Olhanense onde fez metade da época a titular na equipa de Jorge Costa. Foi na primeira volta onde jogou mais fazendo quase todos os jogos a titular, na segunda volta só duas vezes jogou os 90 minutos. À dois anos esteve no Leixões e na equipa orientada na altura por José Mota o central foi titular 5 vezes. É um jogador de 27 anos com 1.84 de altura e vai ser emprestado até ao final da época pelo clube brasileiro Grêmio Anápolis tal como o avançado Manoel.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Mais dois reforços na Oliveirense

Ricardo Sousa, de 31 anos, e José Manuel, de 35 anos, são os mais recentes reforços da União Desportiva Oliveirense para a época 2010/11, assinaram um contrato válido por uma época.

Vaqueiro: «Apenas me foi solicitada a permanência»

O treinador do Freamunde, Nicolau Vaqueiro, espera fazer "um trabalho agradável" na formação freamundense, apesar de apenas lhe ter sido pedida a permanência na Liga de Honra.
"Apenas me foi solicitada a permanência, mas sou uma pessoa ambiciosa e gosto de procurar coisas com melhor nível. Com uma equipa sólida, ambiciosa, que queira vencer muitas vezes, penso que podemos fazer um trabalho agradável a médio prazo", disse Vaqueiro à agência Lusa.
O técnico da formação nortenha trabalha com um plantel ainda em construção, mas já tem o setor defensivo central completo, após o Vitória de Guimarães ter cedido Vítor Bastos, de 20 anos, emprestado na última época ao Vizela, da segunda divisão.
"Dentro do orçamento e das dificuldades que o clube tem, estamos aos poucos a dar alguma segurança ao setor defensivo. O [setor defensivo] central está completo, ganhámos altura e também qualidade", sublinhou.
Depois das entradas de Vítor Bastos e do guarda-redes Douglas, proveniente do Nacional, o técnico freamundense reconheceu haver "défice de laterais" e admitiu também a entrada de jogadores para o meio campo e o ataque.
Ainda há muitos treinos pela frente até ao início da competição e as experiências vão continuar, com a garantia de que "o clube não entra em loucuras".
"O Freamunde está a ser um exemplo formidável, porque tem um orçamento rígido, não entra em loucuras e em projetos que depois não possa cumprir. É dentro dessa limitação que nós estamos a trabalhar e é assim que temos de nos desembaraçar", explicou.
O sucessor de Jorge Regadas no comando técnico dos freamundenses tem noção de que estes níveis de compromisso não são comuns a todos os adversários e, sem apontar nomes, fala em "concorrência um pouco desleal" num ano em que, acredita, "o campeonato vai até ser muito mais competitivo".

Jornal Record

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Santa Clara-Oliveirense, 1-1: Ineficácia insular açorianos foram superiores mas cederam no final

A estagiar em Quiaios, o Santa Clara defrontou ontem a Oliveirense no primeiro teste da pré-época. O empate (1-1) ajusta-se, ainda que a equipa insular tenha desperdiçado várias oportunidades de golo.

Ainda em fase inicial de preparação, ambas as equipas revelaram muitas dificuldades, principalmente a nível ofensivo. Com maior qualidade na posse de bola, a equipa insular foi aquela que mais perto jogou da baliza contrária. Moreira foi um dos jogadores em destaque, tendo conseguido marcar o primeiro golo do jogo (32’) após um bom passe de Jefferson.

Tal como no primeiro teste, frente à Naval, a Oliveirense repetiu ontem as mesmas lacunas ofensivas. Com dificuldade em jogar no meio-campo adversário, as poucas oportunidades criadas resultaram de transições rápidas.

Com plantéis totalmente renovados para a etapa complementar, a Oliveirense esteve por duas vezes perto do empate, mas Matt Jones foi negando o golo. O guarda-redes inglês fez a defesa da tarde após remate de Guima que, mais tarde, não deu hipótese igualando, de cabeça, no último lance do encontro.

fonte: jornal RECORD

domingo, 18 de julho de 2010

Nélson a caminho e Valter vendido à Ibersports

O Santa Clara tem praticamente tudo acertado com o lateral-esquerdo Nélson, jogador que recentemente se desvinculou do Leixões. O defesa foi, inclusive, dado como certo no Freamunde, clube que já representou e onde deixou excelentes recordações, mas uma oferta mais tentadora dos açorianos, que procuram montar um plantel que lute pela subida, terá contribuído para a decisão do jogador. A aquisição deve ser oficializada em breve, tornando o ex-leixonense no sucessor de Stopira, jogador, recorde-se, que se transferiu para o Corunha depois de o Santa Clara ter vendido 75 por cento do passe à Ibersports. Aliás, esse não é o único negócio dos açorianos com a empresa luxemburguesa de agenciamento de jogadores, pois ontem foi formalizada a venda de metade do passe de Valter, também ele cabo-verdiano. Numa nota publicada no sítio oficial, o clube enaltece "um negócio bom para a estabilidade financeira (...) depois de onze anos sem qualquer venda de activos".

fonte: jornal OJOGO

Arouca-Leixões, 1-0: Monteiro fez o golo por entre as ondas

Augusto Inácio deve ter saído de Arouca com um bloco cheio de notas. O Leixões fez mais ondas, mas os danos só ocorreram quando Hugo Monteiro, na segunda parte, disparou um remate indefensável e decidiu a contenda.
Com mais tempo de preparação, os matosinhenses dominaram por completo o primeiro tempo. O maestro foi o reforço Oliveira (ex-Santa Clara), que jogou e fez jogar. Dois fatores terão pesado nessa fase: a atenção do guardião Pedro Soares e o desacerto da dupla ofensiva leixonense composta por Éder e Dener.
As equipas mudaram ao intervalo e chegou, finalmente, algum equilíbrio. Até que aconteceu o único tento. O Leixões reagiu de imediato, mas Oliveira falhou mais um golo cantado e o resultado não mexeu.

Jornal Record

Rodrigo contratado por uma temporada

O brasileiro Rodrigo, de 24 anos, é o mais recente reforço do Moreirense para o seu regresso às competições profissionais. Trata-se de um avançado que chegou a Portugal há 3 épocas, para representar os madeirenses do Caniçal, e que em 2009/10 alinhou pelo Sp. Espinho, fazendo 24 jogos e marcando 2 golos.
O jogador já tomará parte na apresentação oficial do Moreirense, agendada para amanhã. Até agora, o emblema liderado por Vítor Magalhães, e treinado por Jorge Casquilha, já fez 9 aquisições: Tigrão, Ciro, Beck, Tiago Ronaldo, Dionattan, Luís Pinto, Lico, Anderson Lobão e Rodrigo.

Jornal Record

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Cândido Costa rescinde

Cândido Costa e o Belenenses chegaram hoje a acordo para a rescisão de contrato que os ligava por mais uma época, anunciou o clube do Restelo na sua página oficial na internet.
Após quatro épocas ao serviço dos "azuis", onde chegou no início da temporada 2006/2007, proveniente do Sporting de Braga, clube e jogador "rescindiram por mútuo acordo", segundo pode ler-se no site.
O clube elogia o "exemplo de dedicação" de um jogador que "transmitiu sempre a sua qualidade, com uma garra notável" e "enquanto capitão foi sempre uma referência de motivação", antes de lhe desejar "os maiores sucessos profissionais e pessoais".
O jogador, de 29 anos, um dos capitães de equipa, aproveitou para deixar algumas palavras aos sócios e adeptos, agradecendo "o caloroso apoio" que sempre recebeu, revelando "profunda emoção" na hora de "fechar um ciclo".
"Foi, para mim, uma enorme honra representar este grande clube. Chegou a altura de fechar um ciclo, mas nunca de quebrar uma ligação", referiu o jogador no comunicado, pedindo "apoio" aos agora ex-colegas.
"Eu também estarei a torcer por eles", conclui.

Jornal Record

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Varzim 2-1 Moreirense

O jovem ponta de lança que actuou na segunda parte, foi o marcador de serviço do Varzim. O tento do Moreirense foi marcado por Pedro Santos na própria baliza, ainda na 1ª parte.

No 2º jogo particular da pré época, os varzinistas estiveram um pouco melhores, que no desafio anterior diante da selecção nacional de sub19, embora ainda haja muito trabalho a realizar.
Este jogo acabou por servir mais aos treinadores, que de alguma forma colocaram em campo, todos os elementos disponíveis, facto que lhes permitiu uma melhor observação.

O destaque neste jogo de preparação, realizado esta tarde vai para o jovem avançado do Varzim. Gonçalo Graça não só pelos dois golos, como pelo sentido de oportunidade.

No sábado, também no Estádio Municipal, o Varzim recebe o Gil Vicente pelas 10 horas.
Neste desafio, o Varzim alinhou com; Fábio Rabaldo; Nelson Agra, Pedro Santos, Pica e Telmo; Tito, André Carvalho, Tiago Terroso e Caetano; Bruno Moreira e Rui André.

Jogaram ainda; Avelino, Ricardo Neves, Rui Barbosa, Tiago Lopes, Neto, Campinho, Hugo Costa, Tito Silva, Mário Cunha, Çuca, Rafael Lopes e Gonçalo Graça. Treinador Eduardo Esteves.

terça-feira, 13 de julho de 2010

CD Fátima já trabalha

No arranque para a época desportiva 2010/2011, o CD Fátima, da Liga de Honra de futebol, apresentou os 18 jogadores que compõem, para já, o plantel que pretende atingir os lugares da primeira metade da tabela.

Com um orçamento de 650 000 euros, o CD Fátima apresenta um plantel renovado e ainda incompleto, no qual sobressaem os jogadores já garantidos ao abrigo do protocolo celebrado com o Benfica. O protocolo celebrado com os "encarnados" garantiu, até ao momento, Abel Pereira, João Pereira, Rafael Costa, Mário Rui, Miguel Rosa, Yartey, André Carvalhas, José Coelho e Evandro Brandão. O médio Leandro Pimenta poderá ser outro jogador cedido pelo Benfica, enquanto Pina (ex-Carregado) e Bruno Mestre (ex-Louletano) completam a lista de reforços. Até ao fecho das inscrições, o CD Fátima pretende contratar mais dois guarda-redes, um médio e um avançado. A equipa técnica é liderada por Diamantino Miranda, que terá como adjuntos Miranda, João Silva e Nuno Domingos. O primeiro jogo de preparação está marcado para domingo frente ao Al-Ittihad, seguindo-se a União de Leiria (21 de julho), o Sporting da Covilhã (28), o Torreense (31) e, já em Agosto, o Oriental (4).

Sadinos cedem Bruno Monteiro

O médio Bruno Monteiro chegou, ontem à tarde, a Ponta Delgada. O jogador, de 25 anos, vai jogar no Santa Clara até final da temporada por empréstimo do V. Setúbal. Referenciado há algum tempo pela equipa técnica liderada por Bruno Moura, o jovem optou pelo clube açoriano em detrimento do Excelsior (1.ª Divisão da Holanda) que lhe oferecia um contrato de três temporadas.
Formado no Fafe, de onde é natural, Bruno Monteiro representou o Boavista (2008/09) na Liga de Honra tendo depois rumado a Setúbal, onde disputou 4 jogos na Liga principal.
Entretanto, o defesa Fabão e o médio Jeferson – outros reforços – já integraram o treino matinal de ontem, no qual o técnico ensaiou a circulação de bola e a ligação entre os sectores, tendo interrompido várias vezes a sessão.
Record

Rui Gregório: «Plantel precisa de mais experiência»

Rui Gregório começou, ontem, a trabalhar o Belenenses versão 2010/11 com duas sessões no Restelo (9 e 17 horas) e muita juventude. Demasiada, na sua perspetiva. “Preciso de atletas com mais experiência, jogadores que tenham mais competição, pelo menos dois ou três campeonatos nas pernas”, referiu o técnico – também ele um jovem, de 41 anos, na sua função –, sem rejeitar a frescura e ambição de um plantel que nesta altura conta com 12 elementos abaixo dos 20 anos.
“Temos muitos jogadores que vêm do campeonato de juniores, que tem as suas virtudes e defeitos, e outros que estiveram com a equipa principal o ano passado, mas que em nenhum caso fizeram mais de 30 jogos”, lamenta o técnico, acrescentando: “Necessitamos de mais experiência e estamos à procura de jogadores que nos deem mais equilíbrio.”
Questionado sobre os objetivos da equipa, Rui Gregório continua a reiterar apenas uma meta. “Ganhar o próximo jogo. Temos de nos concentrar nisso. Não há treinador de nenhuma equipa profissional que não pense assim. Cada jogo tem de ser uma vitória”, explicou.
Uma filosofia assente num modelo e dois sistemas que, todavia, ainda não revela, deixando para os jornalistas o trabalho de observação nos treinos. “Vamos ter dois sistemas principais e um modelo único. Depois, é uma questão de trabalho e de adaptação às circunstâncias do jogo.”

Fúria Azul aparece na mitíca Supertifo


domingo, 11 de julho de 2010

Manoel garantido

O Penafiel chegou, ontem, a acordo com o Grémio Anápolis tendo em vista o empréstimo do brasileiro Manoel por uma temporada. Trata-se de um promissor avançado, de 21 anos e 1,85 metros, que na última temporada jogou no Anapolina, também por empréstimo. O atleta chega amanhã a Penafiel, realizando logo o primeiro treino.
Entretanto, o clube duriense continua à espera da resposta do central Ricardo Nascimento à proposta de renovação.
Jornal Record

Dionattan por 1 ano

Dionattan é reforço do Moreirense. O médio brasileiro, de 28 anos, é conhecido em Portugal graças à sua passagem pela Académica, entre as épocas 2003/04 e 2006/07. Na última temporada atuou no Ferroviário.
Dionattan tem chegada a Moreira de Cónegos prevista para hoje, assim como o guarda-redes Tigrão. Contudo, ambos não devem participar no jogo-treino frente ao Sp. Braga, agendado para esta manhã, só devendo integrar os trabalhos amanhã.